The news is by your side.

Semobi divulga empresa vencedora da licitação da primeira etapa de implantação do aquaviário

OS QUATRO pontos previstos para a construção dos trapiches para atracagem dos barcos são Prainha (Vila Velha), Enseada do Suá, Centro (Vitória) e Porto de Santana (Cariacica).

 

A Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) publicou nesta quinta-feira (17), no Diário Oficial do Estado, a homologação do resultado da licitação que marca o início da implantação do aquaviário. A Empresa Atlântico Sul vai desenvolver os projetos dos básicos e executivos dos trapiches (píeres) na Baía de Vitória, além do licenciamento ambiental, pelo valor de R$ 391 mil.

A empresa vencedora terá um prazo de 150 dias para desenvolver e entregar os trabalhos, a contar da data da Ordem de Serviço. De acordo com o secretario de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, os quatro pontos previstos para a construção dos trapiches para atracagem dos barcos são Prainha (Vila Velha), Enseada do Suá, Centro (Vitória) e Porto de Santana (Cariacica).

“A implantação do aquaviário também será feita em etapas. Primeiro vamos desenvolver os projetos dos trapiches, que devem começar a ser executados no ano que vem. É uma etapa importante, pois o píer precisa ser muito bem executado para garantir a segurança e a acessibilidade do sistema”, explica Damasceno.
Ainda de acordo com o secretário, ainda este ano será publicado o edital para empresas interessadas em fazer a operação dos barcos.

O sistema aquaviário operou na Grande Vitória até a década de 90, quando foi desativado. Compromisso de Governo, a volta da operação do modal é uma das prioridades da Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi). O novo sistema deve entrar em operação ainda em 2020, com quatro estações, e será integrado ao sistema de transporte coletivo (Transcol).

O edital e todos os documentos relativos ao processo licitatório estão disponíveis no site da Semobi

você pode gostar também
Comentários
Loading...