Seu portal de Notícias do Norte

Seminarista é preso acusado de aliciar adolescente em São Gabriel da Palha

Seminarista é preso acusado de aliciar adolescente em São Gabriel da Palha (ES), O seminarista de Igreja Católica 𝗝. 𝗩. 𝗱. 𝗦., de 27 anos, é a pessoa presa na segunda-feira (11) da semana passada, no bairro Populares em São Gabriel da Palha, no Noroeste do Espírito Santo, acusado de criar um perfil fake no Instagram para aliciar um adolescente.
A notícia foi confirmada por múltiplas fontes ouvidas pela reportagem. A reportagem também apurou que a diocese de São Mateus, da qual o seminarista faz parte, já teria ciência da prisão dele, e teria buscado se silenciar para evitar que o escândalo vazasse. Nós chegamos a noticiar o fato ainda na segunda-feira passada, no entanto, não havia o nome do suspeito preso. Durante a semana, fontes trouxeram no bico a notícia da prisão do seminarista.
Seminarista é preso acusado de aliciar adolescente em São Gabriel da Palha (ES).
Foto: Divulgação
A prisão foi efetuada pela equipe da Delegacia de Polícia (DP) de São Gabriel da Palha, após a mãe de um adolescente procurar a equipe para efetuar a denúncia.
De acordo com o titular da DP de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman, na tarde da última segunda-feira (11), a equipe foi procurada por uma mãe queixando-se que seu filho estava sendo chantageado por uma pessoa chamada Luana, nome do perfil fake criado pelo acusado.
“Os dois passaram a manter contato e, com o tempo, começaram a trocar fotos. Com um tempo as coisas pioraram, Luana passou a exigir vídeos íntimos do adolescente e que ele se encontrasse com uma pessoa específica, indicada por ela. Imediatamente suspeitamos que essa pessoa indicada seria a própria Luana”, disse Rafael Caliman.
Com o objetivo de apurar os fatos, a equipe acompanhou a vítima até o local em que o suposto encontro ocorreria. Quando o acusado foi atender o adolescente, policiais abordaram-no.
“Durante uma entrevista preliminar, os agentes solicitaram ao suspeito o celular e o indagaram sobre a relação dele com Luana. Ele disse que ela também estava chantageando-o e que seu celular estaria na casa de um amigo. Para afastar quaisquer dúvidas, enviamos uma mensagem para o perfil fake criado por Luana e, como já era esperado, ouvimos um celular vibrando dentro da casa”, relatou o delegado.
Ainda de acordo com a autoridade policial, o celular do suspeito foi localizado dentro do banheiro. “Ele, sem alternativa, disse que criou o perfil porque teria gostado do adolescente. O suspeito foi conduzido à delegacia de São Gabriel da Palha, onde foi autuado em flagrante por estupro e foi encaminhado para o presídio”, disse Caliman.

𝗢 𝗤𝗨𝗘 𝗗𝗜𝗭𝗘𝗠 𝗢𝗦 𝗖𝗜𝗧𝗔𝗗𝗢𝗦?

Em nota, a Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS) disse que “J. V. deu entrada no Centro de Detenção Provisória de São Mateus em 11 de janeiro e foi transferido para a Peninteciária Estadual de Vila Velha, onde se encontra”.
A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) disse que “não divulga nomes de autuados em flagrante por crimes de cunho sexual, para preservar a identidade da vítima, e em observância à Lei de Abuso de Autoridade”.
A reportagem ainda demandou resposta da diocese de São Mateus, da Nunciatura Apostólica do Vaticano no Brasil em Brasília, e do Tribunal de Justiça do Estado (TJES) para saber detalhes da audiência do custódia do seminarista preso, mas até a publicação da matéria não obtivemos resposta.
A reportagem não conseguiu localizar a defesa do seminarista detido.
𝑷𝒐𝒓: 𝑵𝒂𝒕𝒂𝒏𝒂𝒆𝒍 𝑪𝒐𝒓𝒅𝒆𝒊𝒓𝒐
Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe