The news is by your side.

Projetos de modernização da saúde no Estado são apresentados em Brasília

O SECRETÁRIO Nésio Fernandes falou sobre a proposta da Fundação Estadual de Inovação em Saúde, a iNOVA Capixaba.

 

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, participou, na última quarta-feira (25), da 10ª Assembleia do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), em Brasília, e apresentou aos demais secretários de todo o Brasil o projeto Inova Saúde, que visa à modernização da gestão da saúde pública no Espírito Santo.

Entre os projetos apresentados, o secretário falou sobre o Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde; sobre os aplicativos e-SUS AB (Atenção Básica); o e-SUS VS (Vigilância); e o e-SUS REG (Regulação), que ajudarão a organizar a metodologia aplicada nos acolhimentos na Atenção Básica e na Atenção Especializada Hospitalar, melhorando o atendimento ao usuário do SUS e oferecendo maior agilidade e eficiência nos processos. Ele também apresentou o Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi).

O secretário falou ainda sobre a proposta da Fundação Estadual de Inovação em Saúde, a iNOVA Capixaba. O projeto de lei para a sua criação está em fase de debate na Assembleia Legislativa. A fundação estatal será responsável por gerir os hospitais da rede.

Ainda durante a reunião, secretários de saúde de outros estados elogiaram os projetos apresentados e se mostraram interessados em acompanhar os processos capixabas. O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, ressaltou como ponto positivo a inovação.

“O projeto apresentado pelo secretário Nésio Fernandes é bastante inovador e traz aspectos muito interessantes de fortalecimento e estruturação da atenção primária, com foco na educação e formação em saúde. Sem dúvidas é uma experiência que pode servir de matriz para o sistema público de saúde em outras regiões do País”, disse.

Já o secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino Júnior, parabenizou a visão estratégica do Governo do Estado e a criação da Fundação de Saúde.

“A gestão demonstra grande força de integração de sua rede, de forma que modelos alternativos também foram pensados, sobretudo a criação de uma Fundação em alternativa à administração direta. A Secretaria de Saúde do Espírito Santo demonstra trabalhar para que, em um curto intervalo de tempo, a saúde do Estado possa atingir um novo patamar”, afirmou Ismael.

 

você pode gostar também
Comentários
Loading...