Seu portal de Notícias do Norte

Operação conjunta prende suspeitos por tráfico de arma de fogo no Norte do Espírito Santo

 

A Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) desenvolveu um força tarefa, nos dias 17, 18, 19 e 20 da última semana, com o apoio de policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Jaguaré, da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core). A operação tinha como objetivo levantar informações e investigar supostos crimes de fabricação e comercialização de armas de fogo e munições que estão ocorrendo no Norte do estado.

Na ação, foram apreendidos armas, munições, R$ 53 mil, em espécie, cheques, notas promissórias, quatro carros e joias de ouro. Os detalhes das prisões foram apresentados em coletiva de imprensa realizada, na tarde da última sexta-feira (21), no auditório da Chefatura de Polícia Civil, em Vitória.

Na operação foram presos em flagrante, três homens de 52, 60 e 52 anos, e uma mulher de 52 anos. Um dos detidos é apontado como armeiro, já os outros três como comerciantes de armas de fogo e munições. As diligências para prender os suspeitos aconteceram nos municípios de Conceição da Barra, Jaguaré e São Mateus.

Segundo o titular da Desarme, delegado Christian Waichert, na última terça-feira (18), os policiais tiveram sucesso em identificar o armeiro, de 36 anos, que foi preso em flagrante, no município de Conceição da Barra. “Em sua posse, foram encontrados, três armas de fogo e material para fabricação de armamento”, disse o delegado.

Waichert prosseguiu: “Durante o período em que estávamos na região, fizemos contato com a titular da DP de Jaguaré, a qual prontamente se colocou à disposição e informou já ter uma investigação em andamento sobre o comércio ilegal de armas de fogo e munições, solicitando apoio para deflagrar uma operação em conjunto para cumprimento de mandados de busca e apreensão”, explicou o delegado.

Na última quinta-feira (20), os policiais prenderam em flagrante mais três homens, sendo que dois deles estavam comercializando armas e munições. Entre os envolvidos há um policial militar aposentado. Na ocasião, foram apreendidos nove armas de fogo, munições e dinheiro.

De acordo com a titular da DP de Jaguaré, delegada Gabriella Zaché dos Santos, as investigações tiveram início, por conta do aumento no número de homicídios ocorridos no município, no começo do ano. “Passamos a perceber que os traficantes tinham um grande poder de fogo e, conjuntamente, passamos a investigar as práticas desses homicídios, o tráfico de drogas e quem estava fornecendo essas armas para os traficantes”, disse a delegada.

“As investigações em relação ao tráfico de armas de fogo ainda não terminaram. Iremos continuar trabalhando em conjunto para poder rastrear todo o armamento de fogo e, com as informações recolhidas anteriormente, futuramente serão realizadas operações conjuntas para inibir esses crimes na região”, frisou o delegado da Desarme.

O homem de 60 anos foi autuado, em flagrante, por comércio ilegal de arma de fogo e furto de energia. Ele foi conduzido ao Presídio de São Mateus. O homem de 52 anos foi autuado, em flagrante, pelo crime de receptação e uso de documento falso. Ele foi conduzido ao sistema prisional. O homem de 52 anos foi autuado, em flagrante, pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo. Ele foi encaminhado ao Presídio da Polícia Militar. Todos permanecem à disposição da Justiça e da autoridade policial.

Já a mulher de 52 anos foi autuada, em flagrante, pelo crime de posse de arma de fogo. Ela pagou a fiança arbitrada pela autoridade policial e foi liberada para responder o processo em liberdade.

Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe