The news is by your side.

Nova Venécia e Montanha vão usar cloroquina para tratar Covid-19, na contramão do que orienta os especialistas.

Nova Venécia e Montanha vão usar cloroquina para tratar Covid-19, na contramão do que orienta os especialistas.

Nova Venécia e Montanha vão usar cloroquina para tratar Covid-19, na contramão do que orienta os especialistas.

O governo das cidades de Montanha e Nova Venécia confirmaram que vão adotar o uso da cloroquina em pacientes que fazem o tratamento de coronavírus.

A prefeitura de Nova Venécia disse que seguirá um protocolo da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) sobre o qual indica que o medicamento deverá ser prescrito por um profissional médico, e o paciente que optar pela utilização também deverá assinar um termo de responsabilidade.

Em entrevista a imprensa, o secretário de saúde de Nova Venécia, Felipe Barbosa dos Santos, disse a “cloroquina é mais uma alternativa”.

Nesta quarta-feira (24) a prefeita de Montanha, Iracy Baltar (DEM), disse em redes sociais que partiu dela o pedido ao Governo do Estado do envio da hidrocloroquina para supostamente tratar pacientes de Covid-19 na cidade. Segundo Iracy o medicamento teria tido “experiências promissoras em outros Estados”, o que não é verdade.

Estudos realizados em todo o mundo apontam que a cloroquina não tem a eficácia para o tratamento de coronavírus. Um estudo, feito por pesquisadores da Universidade de Albany, no estado de Nova York aponta que a taxa de mortalidade dos pacientes tratados com hidroxicloroquina foi semelhante à dos que não tomaram o medicamento, assim como à das pessoas que receberam hidroxicloroquina combinada com o antibiótico azitromicina.

Ainda segundo os autores do estudo, os pacientes que tomaram a combinação de medicamentos tiveram duas vezes mais chances de sofrer parada cardíaca durante o período de análise. Problemas cardíacos são um efeito colateral conhecido da hidroxicloroquina.

Por: Natanel Cordeiro

você pode gostar também
Comentários
Loading...