Seu portal de Notícias do Norte

Mapa de Risco: Espírito Santo terá cinco municípios em Risco Alto a partir da próxima segunda-feira

Cinco municípios do Espírito Santo estarão no risco alto para o novo coronavírus a partir da semana que vem. São eles: Afonso Claudio, Alfredo Chaves, Vargem Alta, Mantenópolis e Ecoporanga. Os dois últimos já estavam na mesma classificação no Mapa de Risco desta semana. 

Já Afonso Cláudio, Alfredo Chaves e Vargem Alta atualmente estão no risco moderado e passarão para o alto, na semana que vem. Por outro lado, Anchieta, Domingos Martins, Ibiraçu e Marilândia fizeram o caminho oposto, passando do risco alto para o moderado. 

As informações sobre o 36º Mapa de Risco Covid-19 foram divulgadas no final da tarde desta sexta-feira (18) pelo governador Renato Casagrande, durante um pronunciamento pela internet. O novo mapa entre em vigor a partir de segunda-feira (21) e segue até o domingo seguinte (27).

Ao entrarem no risco alto, os municípios passam a ter maiores restrições com relação às atividades econômicas e sociais. Além das cinco cidades nessa classificação, 51 estão em risco moderado e 22 em risco baixo. “Se a gente chegar a 80% de ocupação de leitos, o mapa, efetivamente, muda de cor”, alertou Casagrande, durante o pronunciamento.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

Mapa de Risco: Espírito Santo terá cinco municípios em Risco Alto a partir da próxima segunda-feira<br><br> 1

RISCO ALTO: Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Ecoporanga, Mantenópolis e Vargem Alta.

RISCO MODERADO: Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alto Rio Novo, Anchieta, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itarana, Iúna, Linhares, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Mucurici, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Piúma, Rio Bananal, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Apiacá, Atílio Vivácqua, Boa Esperança, Brejetuba, Conceição do Castelo, Itapemirim, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Marataízes, Montanha, Muqui, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, São Gabriel da Palha e Vila Pavão.

Vacinação

Além do Mapa de Risco, o governador falou sobre o Plano Nacional de Vacinação, a ser coordenado pelo Ministério da Saúde. Casagrande destacou que o Estado seguirá o que for definido no plano e pediu para que a população aceite receber a vacina, para que vidas possam ser salvas.

“A expectativa é de que em fevereiro tenha, de fato, alguma quantidade de vacina para que se comece, dentro do plano, porque quem define quem vai receber primeiro a vacina é o plano nacional. Vamos aplicar aquilo que estiver, de forma muito objetiva, no plano. É importante que todos possam receber a vacina e estejam dispostos a recebê-la, porque só a partir disso a gente consegue a chamada ‘imunidade de rebanho’. Se o Brasil conseguir agilizar o trabalho de chegar a vacina a todos os brasileiros, nós não perderemos muitas vidas mais.”

Aumento de casos
O governador também falou sobre o crescimento significativo do número de casos e mortes por covid-19, tanto na Grande Vitória quanto no interior do estado, e alertou sobre a importância de se adotar um novo comportamento nas festas de fim de ano e ao longo do verão “Os números estão crescendo no interior e na região metropolitana. Ainda persiste o crescimento maior da transmissão no interior, então nós estamos nesta realidade e em um período difícil de controlar a pandemia, onde as pessoas, historicamente, sempre interagiram muito. Já entramos, praticamente, no verão e, e os turistas vem para o estado. Se nós encararmos esse período e tivermos o comportamento igual sempre tivemos nos anos anteriores, vamos ter muita tristeza.”

Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe