The news is by your side.

Maio Amarelo em formato digital alcança mais de 400 mil pessoas no Estado

 

O Maio Amarelo deste ano foi adaptado para conscientizar os condutores, pedestres e ciclistas sem as tradicionais ações educativas nas ruas e escolas devido à necessidade de distanciamento social por causa da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Durante o movimento, que terminou no último domingo (31), o Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) utilizou uma abordagem exclusivamente digital com mensagens educativas nas redes sociais.

A campanha retratou o inimigo invisível em uma analogia entre os riscos do trânsito e a pandemia, levando em consideração que em ambos os casos a atitude de cada pessoa é fundamental para a proteção da vida.

No total, o conteúdo divulgado pelo Detran|ES teve mais de 182 mil visualizações nas redes sociais do órgão, com um alcance total de mais de 400 mil pessoas. Com o tema “Perceba o risco. Proteja a vida”, o Detran|ES veiculou filme para a televisão, spot para emissoras de rádio e posts nas redes sociais, com o objetivo de transmitir mensagens educativas e destacar que todos os cidadãos têm de utilizar a prudência e atitudes preventivas para combater, no trânsito, as possíveis ameaças.

Para o diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, mesmo sem as atividades educativas presenciais, a mensagem de conscientização foi transmitida. “Com a população mais tempo em casa por conta da pandemia do novo Coronavírus, acaba que há mais acesso às redes sociais e aos veículos de comunicação, o que faz com que esta mensagem de conscientização para um trânsito mais seguro chegue até o cidadão”, afirmou.

Ainda segundo Vieira, a campanha fez um alerta importante, porque mesmo com o movimento reduzido nas vias, é necessário obedecer às regras de trânsito e estar sempre atento aos riscos, seja condutor de veículo, pedestre ou ciclista. “Assim como os cuidados individuais são necessários para vencermos o novo Coronavírus, no trânsito a atitude de cada um é que vai garantir um trânsito mais seguro, com menos acidentes e com menos mortes, que é o que todos nós queremos”, disse.

No primeiro semestre de 2019, mais de cinco mil pessoas foram atendidas pelo Samu e pelos Bombeiros por serem vítimas de acidentes de trânsito no Espírito Santo, de acordo com dados da Secretaria da Saúde (Sesa) e do Corpo de Bombeiros Militar. Até abril deste ano, 202 pessoas perderam a vida nas vias capixabas, uma redução de 24,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 268 mortes em acidentes de trânsito, conforme relatório do Observatório Estadual de Segurança Pública, que pode ser obtido aqui.

Campanha digital

Seguindo o tema nacional do Maio Amarelo definido pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em consonância com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), “Perceba o risco. Proteja a vida”, o Detran|ES utilizou, durante o mês de março, em suas redes sociais, posts orientativos, lançando mão de personagens que adotam as medidas de segurança frente ao novo Coronavírus, utilizando os conceitos da importância do uso do cinto de segurança, do respeito aos limites de velocidade, da não mistura da direção com bebida e com celular, bem como a conscientização sobre o uso da cadeirinha para as crianças e do capacete para os motociclistas.

Diretores do Detran|ES e servidores realizaram também lives nas redes sociais, com instituições que atuam no universo do trânsito, como o Movimento Capixaba para Salvar Vidas no Trânsito (Movitran), para debater sobre temas relacionados ao Maio Amarelo.

O Detran|ES registra que o investimento em educação de trânsito é uma obrigatoriedade prevista no Código Nacional de Trânsito (CTB) e é feito com recursos proveniente de multas de trânsito.

você pode gostar também
Comentários
Loading...