The news is by your side.

Jovem que matou primo e esfaqueou avós, também queria matar a mãe em São Mateus

Depois de matar a facadas o primo, Dhavi Silvestre, de apenas oito anos, e tentar assassinar os avós na noite desta quarta-feira (28) em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, João Vitor Silvestre, 20 anos, tinha mais um alvo: queria matar a própria mãe. A informação é da polícia e de familiares. De acordo com a PM, ele saiu da residência dos idosos e foi em busca da mãe em outro bairro do município – mas não conseguiu encontrá-la e fugiu, sentido detido em seguida pelos militares.

O suspeito foi detido e encaminhado para a Delegacia Regional de São Mateus

Segundo a PM, durante o deslocamento para atender a primeira ocorrência, os militares foram informados que o autor teria fugido em direção ao bairro Vitória, onde residia com sua mãe, e que teria dito iria matá-la. Uma equipe foi até o endereço para tentar evitar outro homicídio e encontrou a residência fechada. Apenas o irmão do indivíduo, que apresentava necessidades especiais e não conseguia se comunicar com os militares, estava em casa.

A versão foi confirmada por uma tia do autor para a reportagem da TV Gazeta Norte na manhã desta quinta-feira (29). Ela disse que viu com o autor saindo da residência em que os idosos e a criança estavam e que ele teria informado que iria para a casa da mãe. Sem desconfiar de nada, ela se deparou com a cena do crime quando entrou no local. Ainda de acordo com a tia, a família acredita que o acusado iria atacar a própria mãe e mais dois irmãos. Mas como não os encontrou, ele decidiu fugir.

Dhavi Silvestre, de 8 anos, morto a facadas pelo primo em São Mateus
Dhavi Silvestre, de 8 anos, morto a facadas pelo primo em São Mateus.

TRANSTORNOS MENTAIS
A tia de João Vitor contou ainda para a reportagem da TV Gazeta Norte que o jovem tem transtornos mentais e que estava desaparecido desde a última segunda-feira (26). A família recebeu informações de que ele esteve no interior de Minas Gerais, mas ele foi encontrado em Montanha, também no Norte do Estado, na quarta-feira.

Como a família estava procurando o jovem, o retorno dele teria sido motivo de alegria entre os familiares. Essa tia informou que foi para a igreja e deixou o sobrinho com os avós dele e a criança. Segundo o relato dela, João Vitor teria começado a espancar violentamente os idosos e a criança pediu que ele parasse com as agressões. Por isso, ele decidiu matar o menino. Com medo das agressões, os avós conseguiram se esconder em um banheiro.

O crime foi registrado aconteceu por volta das 21h30, na rua Copa Setenta, bairro Santo Antônio
O crime foi registrado aconteceu por volta das 21h30, na rua Copa Setenta, bairro Santo Antônio.

ENCONTRADO NA BR 101 
De acordo com a PM, os militares receberam informações de que o jovem poderia ter se deslocado para Vinhático, distrito do município de Montanha, na mesma região onde esteve antes de voltar para São Mateus.

Com isso, os policiais seguiram pela BR 101 e localizaram o suspeito andando nas proximidades do campus da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), ainda em São Mateus. Segundo a PM, durante a abordagem, João Vitor se mostrou em aparente surto nervoso, não sabendo informar para aonde iria e nem que seu primo teria morrido, apesar de se lembrar do crime.

JOVEM CONFESSOU O CRIME
A Polícia Civil informou que o suspeito foi conduzido à Delegacia Regional de São Mateus, onde confessou o crime e foi autuado em flagrante por dupla tentativa de homicídio e por um homicídio consumado. João Vitor foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus, onde passará por audiência de custódia.

Centro de Detenção Provisória de São Mateus (CDP-SM)
O jovem foi levado para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus (CDP-SM).

Após a realização dos trabalhos periciais, o corpo da criança foi recolhido e encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser identificado, realizar o exame cadavérico e ser liberado para os familiares. O procedimento de investigação foi encaminhado para Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus.

você pode gostar também
Comentários
Loading...