The news is by your side.

Governo do Estado recebe primeira equipe de supervisores da APS

PROFISSIONAIS que vão atuar como supervisores do Programa Qualifica APS foram recepcionados no Palácio Anchieta.

 

O Governo do Estado deu o primeiro passo em busca de ampliar a cobertura, inovar e qualificar a Atenção Primária em Saúde no Espírito Santo. Nesta terça-feira (22), foram recebidos os 40 médicos especialistas em Medicina de Família e Comunidade, que vão atuar como supervisores do Programa Qualifica APS, desenvolvido pelo Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi).  Durante o evento, que aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, também foram entregues recursos para aquisição de equipamentos hospitalares e veículos.

O governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e a diretora geral do ICEPi, Quelen Tanize Alves da Silva, fizeram a recepção dos profissionais.

“No próximo dia 14, vamos lançar o programa de formação da atenção primária. Teremos profissionais especializados em atenção primária. Em todas as profissões temos quem é resolutivo e quem não é, inclusive, no meio político. Com médicos não seria diferente. Tem aquele médico que resolve e tem médico que empurra com a barriga. Queremos treinar profissionais resolutivos para que possam atender a família e dar os encaminhamentos necessários para que se resolva o problema ainda na comunidade. Se não for lá, que possamos resolver na nossa rede de atenção primária e que não fique empurrando o problema para frente”, pontuou o governador.

Em sua fala, o secretário Nésio Fernandes ressaltou o papel do Governo do Estado no resgate de políticas públicas e da sua presença na comunidade em busca de reorientar o modelo de atenção:

“Seremos um Estado presente na vida da comunidade. Tentaremos reorientar todo nosso modelo de atenção para uma atenção primária em saúde resolutiva, humanizada, integral. Com a estratégia que o Governo inaugura, com a qualificação da Atenção Primária em Saúde, na formação em serviço, da educação pelo trabalho, esse movimento tem um tempo e o tempo de no décimo mês, no primeiro ano de gestão. Isso é política de Estado.”

A diretora geral do ICEPi, Quelen da Silva, ressaltou a importância em dar concretude às ações propostas que buscam mudar o modelo de Atenção em Saúde do Estado: “Recebemos hoje atores estratégicos, que são os supervisores, e que junto aos municípios, irão qualificar, ampliar o acesso à APS, buscando colocar o Espírito Santo entre os melhores estados”, afirmou.

Os primeiros supervisores do programa irão trabalhar em atividades docente-assistenciais com os médicos que atuarão nas equipes de Saúde da Família em todo o Estado, por meio do Edital ICEPi/SESA Nº 007/2019.

Estiveram presentes o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Enivaldo dos Anjos; os deputados estaduais Hércules Silveira, José Esmeraldo, Renzo Vasconcelos, Hudson Leal e Freitas; o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Aguiar; os subsecretários de Estado da Saúde Fabiano Ribeiro dos Santos, Gleikson Santos e Tadeu Marino; o diretor geral do Hospital Estadual Doutor Jayme dos Santos Neves, Rogério Griffo e do Hospital Estadual Central, Rubens Félix; a presidente da Associação Pestalozzi do município de Guarapari, Maria Lúcia Gomes; a presidente da Apae de Cachoeiro de Itapemirim, Vilma Campos da Silva; e representantes da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade e da Sociedade Brasileira de Medicina de Família em Comunidade.

Alinhamento

Oriundos do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, os médicos que irão atuar nas atividades docente-assistenciais do Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde, estiveram presentes na solenidade.

Do município de João Monlevade, interior de Minas Gerais, a médica especialista em Medicina de Família e Comunidade há 8 anos, Ariane Ribeiro Pinheiro, falou sobre a oportunidade de atuar na área no Espírito Santo. “Assim que vi o edital achei muito coerente com o que nós médicos de família e comunidade precisamos. Um lugar que tenha integração da rede com o que a população necessita. E como facilitadores desse processo, nosso papel será de extrema importância para mostrar como o médico de família e comunidade pode trabalhar utilizando as ferramentas próprias da especialidade, que é o método clínico centrado na pessoa”, disse.

As atividades terão continuidade na tarde desta terça-feira com a participação dos médicos em uma formação conceitual sobre a metodologia de trabalho. O evento será no Auditório da Faculdade Multivix, em Vitória. A formação inicial vai durar cinco semanas e o final coincidirá com a entrada dos profissionais que atuarão nas Equipes de Saúde da Família. Os supervisores atuarão na carga horária específica e a bolsa será paga pelo Governo do Estado, com valor variando de R$ 7.000,00 a R$ 16.000,00, conforme o número de equipes e municípios sob sua responsabilidade.

Programa Qualifica APS

O Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde, o Qualifica APS, é conduzido pelo ICEPi e visa a promover a qualificação da APS dos municípios por meio de iniciativas que vão desde formação em saúde, informação em saúde, apoio institucional até infraestrutura tecnológica.

Entre as ações que o programa executa, destaca-se o componente de provimento e qualificação de pessoal, a exemplo do recrutamento e seleção de profissionais médicos, enfermeiros e cirurgiões dentistas. As inscrições estão abertas até dia 30 de outubro, no site https://saude.es.gov.br/icepi, para compor as equipes de Saúde da Família dos 76 municípios capixabas que aderiram ao programa.

Além dos médicos supervisores especialistas em Medicina de Família e Comunidade, o programa está em fase final de seleção de tutores cirurgiões dentistas e enfermeiros especialistas em Saúde da Família e Comunidade.

Em breve, o governador Casagrande receberá, também no Palácio Anchieta, os tutores cirurgiões-dentistas e enfermeiros e dos profissionais que atuarão nas equipes dos municípios, respectivamente.

Entregas de recursos e veículos

Ainda durante a solenidade, o governador Renato Casagrande anunciou o repasse de R$ 4.406.235,00 aos hospitais estaduais Dr. Jayme dos Santos Neves, localizado na Serra, e Hospital Central, em Vitória. Os recursos serão destinados para aquisições de equipamentos, sendo R$ 3.045.235,00 para o Hospital Estadual Central e R$ 1.361.000,00 para Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves.

Foi anunciada também a doação de dois veículos por parte do Ministério da Saúde para o fortalecimento das ações de Vigilância em Saúde no Espírito Santo. Os veículos, de modelo Mitsubishi L200 Triton GL Diesel, serão destinados à nova Subsecretaria de Vigilância em Saúde. E entregues dois veículos adaptados para a Pestalozzi de Guarapari e um veículo adaptado para a Apae de Cachoeiro de Itapemirim, no valor de R$ 183.980,00 cada.

você pode gostar também
Comentários
Loading...