The news is by your side.

EscoLAR adota Sala de Aula Virtual para potencializar aprendizado dos alunos

O aluno pode acessar o aplicativo EscoLAR usando sua conta institucional via celular, mesmo que não tenha internet em casa ou que seu pacote de dados móveis esteja zerado.

 

 

Neste período de distanciamento social por causa da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) os estudos vêm ocorrendo de forma não presencial. Além das aulas pela TV em canal aberto, a Secretaria da Educação (Sedu), por meio do Programa EscoLAR, também viabiliza a proximidade entre alunos e professores da Rede Estadual em salas de aulas virtuais por meio do Google Sala de Aula.

Cada escola conta com turmas criadas, automaticamente, com os professores vinculados às salas e os alunos já enturmados. Além disso, os componentes curriculares estão organizados por tópicos, na aba “ATIVIDADES” das Salas. Dessa forma, cada aluno terá apenas uma sala, com todos os componentes curriculares dentro dela.

Quando o aluno acessar o aplicativo EscoLAR usando sua conta institucional via celular, mesmo que não tenha internet em casa ou que seu pacote de dados móveis esteja zerado, poderá interagir na sua Sala de Aula Google para esclarecer dúvidas com os professores e com seus colegas de classe. O estudante pode ainda realizar atividades elaboradas via Formulários Google (testes, Quiz, avaliações, revisões, dentre outros).

As atividades são de responsabilidade dos professores que, ao utilizarem esse espaço, podem gerenciar atividades, além de distribuir tarefas, se comunicar, enviar feedbacks direto e em tempo real e ver tudo em um único lugar. Já os alunos podem acompanhar as atividades e acessar os materiais para estudos, compartilhar recursos e interagir no mural da turma ou por e-mail, enviar atividades e receber feedback das atividades.

Antes do EscoLAR

O modelo do Google Sala de Aula já é utilizado pela Rede Estadual desde 2018. Em 2019, com a chegada de Chromebooks em 194 escolas, foram gerados os logins institucionais para utilização do Laboratório Móvel por cerca de 9.500 professores e 140 mil alunos.

Em 2019 houve uma metodologia própria para capacitação dos professores. Os professores dessas escolas, cerca de 1.500, receberam orientações de uso por meio de comunidades virtuais criadas no Google Sala de Aula, cursos on-line, boletins e tutoriais, por exemplo, para multiplicarem em suas escolas. O primeiro semestre de 2019 marcou o início do uso de G Suíte e Chromebooks pelos alunos.

Também foram ofertados vários cursos on-line para os profissionais da rede, uma parceria com o Escolas Conectadas, da Fundação Telefônica Vivo, Internet Segura, da Safernet e cursos criados pela Sedu, como o curso de Ensino Híbrido e metodologias ativas.

As equipes das Superintendências Regionais de Educação e equipes responsáveis pela formação e currículo da Secretaria de Educação também participaram de formação visando à incorporação das ferramentas Google for Education em suas ações.

Ampliação do Google Sala de Aula

O EscoLAR ampliou o acesso à Plataforma Google for Education para todas as escolas da Rede Estadual e criou, de forma automática, salas virtuais para cada turma estruturada no Sistema de Gestão, com todos os professores por turma com alunos já enturmados. Para o acesso foram criadas contas institucionais para todos os professores e estudantes da Rede.

Houve ainda a criação do Aplicativo EscoLAR, para acesso patrocinado ao Google Sala de Aula (sem uso de pacote de dados). Esta solução tecnológica foi criada para garantir a comunicação on-line entre professores e estudantes via Google Sala de Aula.

Capacitação

Oferta de curso on-line “Escola na Nuvem” que orienta o uso da plataforma Google for Education. Além disso, foram disponibilizados tutoriais de uso para cada ferramenta Google disponível nas escolas, em vídeo e PDF, para que sirvam de orientação para os professores (clique aqui), assim como cenários de uso pedagógico (confira aqui), com sugestões de atividades.

Também foi criado um mural digital para divulgação das práticas inspiradoras dos profissionais das escolas que já fazem uso do Google Sala de Aula e de outras ferramentas digitais envolvendo metodologias ativas e ensino híbrido. Confira aqui!

A realização de Lives e Webs para gestores e professores também farão parte do processo de formação dos profissionais. Os vídeos gravados após os eventos poderão ser acessados no Portal do Sedu Digital e também no canal do YouTube.

Fique ligado!

Dicas de portais de conteúdos digitais, tutoriais e orientações de utilização pedagógica das ferramentas digitais podem ser conferidos no Portal Sedu Digital – https://sedudigital.edu.es.gov.br/

você pode gostar também
Comentários
Loading...