The news is by your side.

Começam as reuniões para definição de metas dos órgãos do Governo do Estado

Etapa de reuniões teve início nessa quarta-feira, e seguirá ao longo dos próximos dias deste mês de dezembro.

 

A Secretaria de Economia e Planejamento (SEP) deu início, nesta quarta-feira (11), a uma série de reuniões com o objetivo de definir metas para os indicadores estratégicos. Os números vão medir o alcance dos resultados das políticas públicas estabelecidas para as nove áreas estratégicas do Governo do Espírito Santo.

Pela primeira vez, o Governo trabalha com um Painel de Indicadores Estratégicos. A subsecretária de Planejamento e Projetos e a gerente de Gestão Estratégica da SEP, Joseane Zoghbi e Anna Claudia dos Santos Pela, respectivamente, explicam que o Governo já atua acompanhando seus resultados de forma sistemática e têm um programa voltado para acelerar e garantir a qualidade das entregas à população, o Realiza+.

“O Painel de Indicadores é um avanço e faz parte do Programa de Gestão para Resultados Realiza+. Com ele, seremos capazes de identificar o que é necessário fazer para que o Governo melhore ainda mais suas políticas públicas”, diz Joseane Zoghbi. Já Anna Claudia Pela destaca que os indicadores entram no ciclo de acompanhamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas.

A primeira reunião de definição de metas para o período de 2020, 2021 e 2022 foi realizada pela SEP com dois órgãos ligados à área estratégica de Infraestrutura para Crescer: a Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e a Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan).

Outras reuniões com esse mesmo objetivo serão realizadas pela equipe da Subsecretaria de Planejamento e Projetos (Subepp), ao longo dos próximos dias deste mês de dezembro, com demais Secretarias e órgãos da administração pública estadual.

O Programa Realiza+ tem como objetivo ampliar a capacidade do Governo executar programas e projetos das nove áreas estratégicas e entregar resultados à sociedade capixaba. As áreas estratégicas são: Segurança em Defesa da Vida; Educação para o futuro; Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Saúde Integral; Agricultura e Meio Ambiente; Desenvolvimento econômico; Infraestrutura para Crescer; Cultura, Turismo, Esporte e Lazer; Gestão Pública Inovadora.

você pode gostar também
Comentários
Loading...