Seu portal de Notícias do Norte

Biden admite que crise no Afeganistão estourou antes do previsto

Durante o discurso, o líder americano reforçou que as ações de sua gestão em relação ao conflito são uma continuidade de governos anteriores

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, admitiu nesta segunda-feira, 16, que o colapso no Afeganistão se deu antes do que o governo americano previa. “Eu sempre prometi ser direto com a população americana. A verdade é: o colapso se desdobrou antes do que antecipávamos”, disse nesta segunda-feira, em coletiva à imprensa. Após receber uma série de críticas, o presidente rebateu afirmando sustentar sua posição. Este é seu primeiro discurso desde que o grupo fundamentalista islâmico Taleban tomou Cabul, neste fim de semana.

Biden disse ainda que a missão da tropa americana foi cumprida, uma vez que nunca foi criar uma democracia centralizada no Afeganistão. “Nosso único interesse nacional vital no Afeganistão continua sendo o que sempre foi: prevenir um ataque terrorista em terras americanas”, disse. O presidente afirmou que os EUA lutarão pela diplomacia e pelo combate ao terrorismo.

Em seu discurso, o líder americano reforçou que as ações de sua gestão em relação ao conflito são uma continuidade de governos anteriores. “A escolha que eu tive que fazer foi entre continuar nesse acordo ou voltar para a luta contra o Taleban”, afirmou Biden, referindo-se ao acordo feito entre o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, e o grupo afegão. Segundo o acordo, o governo americano teria até 1º de maio para retirar suas tropas do Afeganistão.

Biden criticou o governo do Afeganistão, afirmando que os líderes desistiram e as forças militares colapsaram. O presidente Hamid Karzai deixou o país por conta do avanço do grupo em direção aos arredores da capital, Cabul.

O presidente americano afirmou que os Estados Unidos continuarão usando sua influência internacional e ajuda humanitária, assim como falar sobre os direitos das mulheres e meninas no Afeganistão, como “fazem em relação a todo o mundo”.

Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe