Seu portal de Notícias do Norte

Avião ultrapassa pista em pouso e deixa três feridos em MG

Avião ultrapassa pista em pouso e deixa três feridos em MG, Uma aeronave de pequeno porte se acidentou deixando três dos quatro ocupantes feridos, na manhã deste sábado (2) ao tentar pousar no Aeroporto JK, em Diamantina, no Vale do Rio Jequitinhonha, a 290 km de Belo Horizonte.

O avião seguia de São Paulo para transportar um paciente de covid-19 da cidade. As informações são do jornal Estado de Minas. Segundo informações preliminares do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), a aeronave pousava para realizar transporte aeromédico e se acidentou nessa manobra. Estavam embarcados o piloto, um co-piloto, uma médica e um enfermeiro. As três vítimas tiveram ferimentos leves.

Avião ultrapassa pista em pouso e deixa três feridos em MG
Avião ultrapassa pista em pouso e deixa três feridos em MG

Segundo o CBMMG, a aeronave é um Learjet a jato bimotor da Brasil Vidas Set Taxi Aéreo. “A principio, o avião saiu da pista no momento do pouso. Eles estavam buscando um paciente de covid-19 na cidade para encaminhar a outro hospital, ainda não informado”, disse a corporação.

Os feridos leves foram identificados pelo CBMMG como sendo o enfermeiro João Carlos Barbosa, de 35 anos, a médica Amanda Gabriela Dourado, de 24, e o co-piloto Eduardo Valim Macena, de 30 anos. O piloto Mauricio de Carvalho, de 32, não se feriu.

Três viaturas de resgate foram enviadas ao local do acidente para realizar o socorro dos feridos e controlar a situação da aeronave para impedir qualquer possível incêndio. Vários vídeos foram divulgados pelas redes sociais mostrando a avião acidentado depois da cabeceira da pista, em um barranco com mata de cerrado depois do asfalto.

O local do acidente foi isolado pelo CBMMG e pela Polícia Militar que aguardam os trabalhos periciais do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável por averiguar as causas de incidentes da aviação civil no Brasil.

Pessoas que filmaram a aeronave acidentada afirmaram que tiveram medo de que o jato fosse explodir, porque os motores continuaram acionadas mesmo após o acidente, levantando muita poeira e produzindo um ruído alto e contínuo de seu funcionamento. A empresa Brasil Vidas Set Taxi Aéreo informou que formou um gabinete de crise para acompanhar o desenrolar do acidente e dar assistência aos envolvidos.

Com informações do Estado de Minas

Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe