Seu portal de Notícias do Norte

André Sampaio estuda a prática da piscicultura no Município de Montanha

A fim de incrementar a economia local, o prefeito André Sampaio realizou uma visita a duas iniciativas de piscicultura na última quinta-feira 22 de julho.

A primeira parada foi na APESAM, associação localizada no bairro Pedra D’água, em São Mateus. Além de conhecer os tanques de criatórios das tilápias, o prefeito também obteve dicas de operacionalidade e manejo dos animais. Bem como conheceu a estrutura da associação.

A segunda parada foi na comunidade remanescente quilombola Córrego do Macuco. O prefeito conheceu por lá o projeto, que é tocado especialmente pelas mulheres da localidade.

Após um breve diálogo, André conheceu as dependências da associação, construída em parceria com a Suzano.

O André Sampaio destaca que é o início de um projeto, que passa por conhecer, buscar bons exemplos para servirem de inspiração e a implantação. Este último quesito já está em discussão avançada, explica o prefeito. “ A SEAG nossa Secretaria Estadual de Agricultura por meio da Subsecretaria de Aquicultura, Pesca e Desenvolvimento Sustentável, já nos ofertou parte do material a ser utilizado pelo projeto. Estamos definindo agora, os critérios para definir quem participará da futura associação, e outros trâmites burocráticos. A nossa intenção é promover emprego e renda, desenvolvimento para nossa cidade”.

O município de Montanha possui uma barragem com especificações técnicas propícias à atividade de Aquicultura/ Piscicultura, esse fator deve contribuir positivamente para o projeto.

Além do Prefeito André, a agenda contou com a presença do Assessor Especial da SEAG Sandro Ferraria, O Subsecretário de Aquicultura do Estado Dorval Uliana, a Secretária de Agricultura de Montanha Fátima Barros, colaboradores da Secretaria de Agricultura de São Mateus e colaboradores do INCAPER de Conceição da Barra e São Mateus.

Piscicultura no Brasil

A criação de peixe produz mais do que qualquer outro animal;

Especialistas apontam a piscicultura como uma promissora atividade no mundo, especialmente no Brasil, em decorrência do potencial do seu mercado consumidor, do clima e dos recursos hídricos existentes.

O consumo de peixe no Brasil cresce em ritmo acelerado, além disso, temos algumas datas importantes que o consumo de peixe é muito maior;

O Brasil importa estes produtos devido à produção nacional não ser suficiente;

Não causa grandes impactos ambientais;

Comentários
Loading...
error: O conteúdo está protegido !! Compartilhe